domingo, 3 de julho de 2011

R e s s a c a

Noites alegres, manhãs tristes...

Lembram-se do militar do kosovo?

Depois de uma noitada na disco, raptei-o para a minha casa, para o meu quarto, podia ser uma desculpa, mas era mesmo necessário voltar a colocar o colchão na cama (sim, não estava na cama, precisei de o trazer para o andar de baixo porque pensava que tinha que albergar umas amigas em casa) e depois de tanto esforço escada acima, o rapaz cedeu... =p

Muito preocupado com  namoro, na primeira pausa, sai-se com: "eu não devia estar a fazer isto, não devia... não comentes no meu facebook, por favor, nem mandes msgs privadas para lá, porque que a minha namorada tem acesso à conta".
Repondi-lhe: "sem stress, se antes não o fiz não o ia fazer agora..."
Dei meia-volta, cu com cu e ó-ó.
Pensei cá pra mim, hum, daqui já não saco mais nada hoje, mas não. Depois de acordar voltou à carga. Tem muito potencial, aquele gajo... lol

Só é pena que no fim, eu sinta ainda mais falta do meu Fujão... :/

8 comentários:

  1. Há grande berlaitadora...então a menina teve "festa"?
    :)))

    ResponderEliminar
  2. Si ;)
    Senti-me uma destruidora de lares, mas valeu a pena. Eu não digo nada e ele também não e fica tudo ok :P

    ResponderEliminar
  3. Exactamente, o sigilo total é meio caminho andado para que se repita a berlaitada. Nada de "dar com a lingua nos dentes", okapa?
    :)))

    ResponderEliminar
  4. Claro que não ;)
    Aliás, é por isso que eu gosto dos comprometidos, ficam sempre caladinhos!

    ResponderEliminar
  5. Fogo, seria uma boa palavra se estivéssemos juntos mais vezes...

    ResponderEliminar
  6. Com ele? Não faço muita questão...

    ResponderEliminar