domingo, 15 de julho de 2012

E l a _ e _ o s _ C a m i s o l a s _ A m a r e l a s !

Faz parte de mim, perseguir o que me faça feliz e me faça sentir completa. Acontece, que para isso, os meus olhos exigem um padrão mínimo de qualidade que se aplica a quase todos os exemplares masculinos, mas não só... Por vezes, basta que me sinta agradada com a presença do macho, com o seu sorriso ou com a sua conversa adequada ao momento, não espero um homem que me conte anedotas que me fale de economia mundial com termos técnicos, ou que seja um desbocado no que ao sexo diz respeito.
Parece-me a mim, que o meu barómetro é exímio no seu trabalho e por isso ando a ver navios há uns tempos... No entanto, não tenciono descer o padrão de qualidade.
Então, aqui a Venúsia tem uma amiga que me estava sempre a sugerir "camisolas amarelas" foi a cor da t'shirt que repetidamente alguns senhores usavam para correr ou caminhar à volta das muralhas da cidade, ao fim da tarde. Isto acontece, invariavelmente, quando vamos as duas no carro, e agora já se estendeu a todos os mal-jeitosos que se possam encontrar, fica tudo apelidado de "camisola amarela".

Há umas noites atrás, ela ficou de ir ter com um dos seus dates, que por acaso é agente da autoridade e estava com dois colegas de trabalho. Eu, por ter deixado o meu carro numa zona mais sozinha, acabei por ir com ela e não regressar ao carro. Pois então, já se sabe que Venúsia Maria foi talhada para a arte de "fazer conversa" e coiso e tal, tive que quebrar aqueles momentos de silêncio que por vezes se instalavam. Os colegas do date da minha amiga, não eram bem camisolas amarelas, mas um deles para além da idade à volta dos 50, parecia não se sentir à vontade, de modo que a conversa não fluía bem, andava, assim, aos soluços, o outro, simplesmente não falava... A certa altura eu só fazia força mentalmente para sairmos dali e chegar ao meu carro... Mas não, a minha amiga e o seu date acabaram por dar boleia a todos, e onde é que eu fui? cá atrás, ladeada pelo que quase não falava e pelo cinquentão... Ele deixou-os em casa e depois deixou-me a mim no meu carro, de modo que a noite acabara aí.

Outro encontro depois, a minha amiga vem-me com uma conversa...
Que o rapaz dela, lhe tinha sugerido, se não era possível marcar um encontro para mim e para o colega mais velho, pois ele tinha gostado muito de mim.
Ela própria, quase esteve para lhe dizer, que não era possível, mesmo antes de falar comigo. Coisa que se comprovou quando ela me falou no caso.
Confere, lá anda ela a arranjar-me camisolas amarelas, agora até indirectamente, através dos dates dela...









Enfim... Com todo o respeito que eu tenho por homens mais velhos, aquele, pronto... faltava-lhe sal, pimenta e até um bocadinho de molho para ajudar a engolir...

12 comentários:

  1. Ai, ai Venúsia Maria...como lamento morar tão longe de ti...era mesmo ali que experimentavamos os amortecedores e restantes molas do C1. Há gajos que não nasceram mesmo para fazer felizes as mulheres. Cambada de pandilhas.
    Beijinhos e até Agosto, que cá o je vai dar banho ao seu incomensurável escroto ali p`rós lados do Mediterraneo.

    ResponderEliminar
  2. Oh Von... Vais pôr o tomatal de molho em salmoura? ;)
    Sabes, o meu carrinho tem muito pouca estabilidade para dar umas valentes quecas... Oscila demasiado... Quanto ao resto, tens razão, uma cambada de pandilhas! lol
    Boas férias ;)

    Eros, Lamentável? explica-te lá homem, que pra monossilábico já me chega o outro lol

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Nem sempre usar a camisa amarela significa que se vai ganhar a corrida ;)

    Beijos amiga!!

    ResponderEliminar
  4. Ó rapariga, tu és o melhor remédio para curar a "neura" do fim das férias! Já me deixaste bem disposta com as tuas crónicas cromáticas! À parte o contexto, eu até gosto da cor amarela... hehehe

    Beijocas de todas as cores para ti :)

    ResponderEliminar
  5. (esta cena das letrinhas é que é uma seca amiga!)

    ResponderEliminar
  6. Referia-me ao serão...
    Ser encaixada (salve seja!) entre dois seres do sexo oposto no banco traseiro e não poder usufruir de qualidades assinaláveis em qualquer dos especimens é algo verdadeiramente lamentável ;)

    Ignora mesmo os camisolas amarelas... procura aqueles que possuírem um tronco despido e um intelecto tonificado :)

    São raros como as estrelas cadentes... mas assomam nas noites de Verão ;)

    ResponderEliminar
  7. Vicious, neste caso ainda menos... lol

    Orquídea, ou as letrinhas, ou passo a ter que moderar os comentários. evita muito spam...
    Gosto imenso de deixar o pessoal bem disposto ;)

    Eros, pareces o meu ginecologista a falar "o verão está aí a chegar... ;)"
    é pá, não há um único espécimen desses que se cruze comigo...

    ResponderEliminar
  8. Ora... No inicio nao passava de uma brincadeira.Adoro meter me ctg, principalmente na escolha de um par ideal. Sabes bem que tudo nao passa de uma brincadeira, para nos rirmos nas nossas tardes...

    Desta vez nao tive culpa, ate porque nao achei piada nenhuma ao camisola amarela :) tu é que os atrais para ti

    Beijinhos desta tua amiga :)

    ResponderEliminar
  9. Eu vim espreitar o significado da camisola amarela :) Gostava de ter essa capacidade de fazer converseta do nada mas infelizmente é um dom que não me assiste. E tenho-me cruzado com tanto homem de olhar interessante no comboio... Fiz em tempos uma viagem com uma companhia bestial, muita troca de olhares mas palavras, zero. Enfim uma pena. :)

    p.s. Há homens mais velhos bem encantadores e com o intelecto bem tonificado :)

    ResponderEliminar
  10. Pois, nesse caso, não sei... mas parece-me que algo eu inventava lol.
    Não gosto muito dos silêncios, mas até certo ponto, complementado com trocas de olhares, parece-me muito bem! ;)
    o camisola amarela é, basicamente, um homem desinteressante.

    ResponderEliminar