domingo, 2 de outubro de 2011

À _ d e r i v a

Olho para o faceb00k, esse sitio onde, agora, passo muito tempo...

E lá vejo a frase: "em que estás a pensar?"

Penso na ausência,
no vazio,
na saudade,
na inexistência,
na impossibilidade,
na distância...
No que não existe
e no que existiu.

Penso...
Penso no que já disse,
em conversas sérias,
assuntos importantes,
sentimentos...

Penso e não revelo,
Pois questionar o meu estado não altera o rumo da vida
nem as opções dos outros...


Tento pensar que uma ida é reversivel
e que só a morte torna tudo irrevesivel

E com tudo isto, amo-te sem pensar em nada.
Se vou desistir?
Nunca desisti de nada, não vou desistir de ti!

7 comentários:

  1. a isto chamo uma bela declaraçao de amor... nunca devemos desistir dos nossos sonhos e de ser feliz :)

    ResponderEliminar
  2. http://orquideasselvagem.blogspot.com/2011/10/centesima-publicacao.html


    OBRIGADA :)

    ResponderEliminar
  3. Se realmente tens consciência que "Tento pensar que uma ida é reversivel
    e que só a morte torna tudo irrevesivel"

    Vai, porque foi essa a ideia com que fiquei... e porque se der errado, ao menos isso é "reversível" :)

    bjs

    ResponderEliminar
  4. Diabinha, enquanto eu achar que ele é o tal, não vou desistir.

    Martini & Pink, infelizmente se desse para o torto tinha que ter um Plano B (a minha vida profissional). o que se passa é que a minha vida profissional é que vai mandar no sitio para onde hei de ir... Anyway... Estou a complicar! Não tenho feitio para ir ter com ele e ser cãozinho de trela, nem viver às custas dele (ou dos nossos pais).
    Quem me manda a mim gostar de gente da paz e do amor?! cujo ideal de vida era passar o tempo a viajar em busca de spots de escalada?!

    (isto deu-me uma ideia para um novo post)

    ResponderEliminar
  5. "...cujo ideal de vida era passar o tempo a viajar em busca de spots de escalada?!..." isso passa-lhe...

    ResponderEliminar